A Qualcomm exibiu, hoje (19), o seu mais novo chip para smartphones: Snapdragon 870. Além disso, a novidade é um tipo de alternativa intermediária entre o Snapdragon 865. Sem contar no processador mais poderoso da empresa no momento, o Snapdragon 888.

Projeto de lei quer que redes sociais coletem CPF e impressão digital

Essa característica, por si só, já esclarece que o Snapdragon 870 é voltado a aparelhos móveis que tem alto desempenho. Na prática, a versão vem para tomar o lugar do Snapdragon 865+, chip divulgado no meio do ano passado e que, desde então, vem sendo utilizado em especial em celulares para jogos.

Além disso, para cumprir o que propõe, o Snapdragon 870 traz quatro núcleos Cortex-A55 de 1,8 GHz para tarefas simples e quatro núcleos Cortex-A77 para processamento pesado. Destes últimos, três têm frequência de 2,4 GHz e um trabalha a 3,2 GHz.

Já a GPU é a Adreno 650 trabalhando em 670 MHz, a mesma que vem junto com o Snapdragon 865+. O componente é compatível com OpenGL 3.2, Vulkan 1.1 e DirectX 12, por exemplo.

As tarefas de inteligência artificial são asseguradas pelo processador Hexagon 698. Além disso, para imagens e filmagens, o Snapdragon 870 conta com o processador de sinal de imagem (ISP) Spectra 480. O chip trabalha com um sensor de até 200 megapixels ou dois de até 25 megapixels.

O suporte a 5G também está incluso, graças à integração com o modem Snapdragon X55 5G, que é compatível tanto com ondas milimétricas (mmWave) quanto com frequências inferiores a 6 GHz (sub-6 GHz). Aqui, as taxas de download e upload alcançam, respectivamente, até 7,5 Gb/s e 3 Gb/s.

Mais detalhes sobre o Qualcomm Snapdragon 870

Outros detalhes  incluem tecnologia de 7 nanômetros, além de suporte a Bluetooth 5.2, Wi-Fi 6, NFC, telas com resolução de até 4K e 60 Hz, HDR10+ e memórias LPDDR5 de até 2,75 GHz.

Além disso, para recarga rápida, o novo chip da Qualcomm possui o Quick Charge 4+, padrão que exige somente 15 minutos na tomada para fazer uma bateria de 2.750 mAh possuir por volta de 50% de carga.

Perceba que essas são praticamente as mesmas características do Snapdragon 865+. A principal distinção é exigida na frequência: enquanto o núcleo Cortex-A77 mais poderoso deste possui requência de 3,1 GHz, no Snapdragon 870, o componente tem 100 MHz a mais.

Por fim, os primeiros smartphones com o Snapdragon 870 deverão ser divulgados já no primeiro trimestre deste ano. Motorola, Xiaomi, Oppo e OnePlus estão entre as marcas que já trabalham em versões com base na novidade.

O que você achou do novo Snapdragon 870? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!