O problema afeta os carros Modelo 3 e Modelo Y fabricados na China e importados.

A Tesla está fazendo o recall de quase 300.000 de seus carros Modelo 3 e Modelo Y – especificamente aqueles fabricados na China e importados para o país – devido aos riscos de segurança com seu recurso de controle de cruzeiro, relata o The Wall Street Journal.

Realme 5 Pro, Narzo 30 Pro 5G e 30A recebem beta para o Android 11.

O sistema de controle de cruzeiro da Tesla nesses carros pode ser acidentalmente ativado, possivelmente causando um aumento inesperado na velocidade, de acordo com a Administração Estatal de Regulamentação do Mercado da China. A agência governamental classificou este incidente como um recall, mas os proprietários dos carros afetados não precisam levar seus carros para consertar. Em vez disso, a Tesla instalará uma correção por meio de uma atualização de software para seus clientes na China, que têm reclamado da montadora nos últimos meses.

Tesla solicitou o recall alguns dias antes

Como observa o WSJ, o regulador disse que a Tesla solicitou o recall alguns dias antes e que se refere a veículos produzidos entre dezembro de 2019 e junho de 2021. De acordo com o regulador chinês, isso inclui 249.855 sedans Modelo 3 e crossovers Modelo Y (fabricados na fábrica da Tesla em Xangai) e 35.665 modelos 3s importados. A origem dos carros importados não é clara.

A Tesla ainda não divulgou uma declaração oficial sobre a questão do controle de cruzeiro (e a empresa notavelmente não tem uma equipe de relações públicas). Mas o WSJ também relatou que a empresa acessou a plataforma de mídia social chinesa, Weibo, para comentar o assunto:

“Pedimos desculpas pelos transtornos causados ??por este recall a todos os proprietários de automóveis. A Tesla continuará a melhorar a segurança em estrita conformidade com os requisitos nacionais.”

No entanto, um porta-voz da Tesla se recusou a fornecer quaisquer comentários adicionais à publicação.

Além disso, também é importante notar que este não é o primeiro recall da Tesla de 2021. Em janeiro, a empresa teve que fazer um recall de 158.000 carros em vez de telas sensíveis ao toque com defeito. E no início de junho, quase 6.000 Teslas foram retirados por causa de parafusos de freio soltos.

Considerando que estamos na metade do ano, esperemos que este seja pelo menos o último dos recalls que veremos para esses veículos elétricos.

Fonte: mashable

O que você achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Clique em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!