Após toda a polêmica envolvendo os novos termos de serviço do WhatsApp, a empresa decidiu recuar. Dessa forma, o blog oficial do mensageiro divulgou nesta sexta-feira (15) que as mudanças somente passarão a valer no dia 15 de maio, em vez de 8 de fevereiro, como estava programado anteriormente.

Veja também como recuperar um WhatsApp clonado!

O principal motivo para o recuo da empresa foi o fato de muitos usuários terem abandonado a plataforma, optando pelos rivais Telegram e Signal. Além disso, a empresa acredita que muitas pessoas interpretaram de forma errada as mudanças.

WhatsApp decide recuar e adiará o início dos novos termos de serviço! - Foto: G1
WhatsApp decide recuar e adiará o início dos novos termos de serviço! – Foto: G1

No post em seu blog, a empresa lembra que tem a privacidade como princípio básico: “O WhatsApp foi feito com base em uma ideia simples: tudo o que você compartilha com seus amigos e familiares fica só entre vocês. Suas conversas pessoais estão sempre protegidas com a criptografia de ponta a ponta, o que significa que essas conversas são privadas, e que o WhatsApp e o Facebook não podem ler nem ouvi-las.”

“Por essa razão, não mantemos o registro das pessoas para as quais você ligou ou enviou mensagens. Além disso, não compartilhamos seus contatos com o Facebook e não podemos ver a localização que você compartilhou nas conversas.”, acrescentou o post.

Mudanças mal compreendidas

WhatsApp decide recuar e adiará o início dos novos termos de serviço! - Foto: WhatsApp
WhatsApp decide recuar e adiará o início dos novos termos de serviço! – Foto: WhatsApp

Segundo a empresa, os novos termos de serviço foram mal compreendidos pelos usuários. Dessa forma, os usuários terão novas opções para interagir com as empresas no WhatsApp. Além disso, eles dão mais transparência sobre como os dados dessas interações serão coletados e usados.

“ Nem todas as pessoas usam o WhatsApp para fazer compras diretamente com empresas, mas acreditamos que, futuramente, mais pessoas escolherão fazê-lo. Por isso, é importante para nós que as pessoas estejam cientes desses serviços, e reafirmamos que essa atualização não aumenta a possibilidade de compartilharmos dados com o Facebook”, disse a empresa.

Por fim, vale lembra que o WhatsApp também promete que ninguém terá sua conta excluída ou suspendida no dia 8 de fevereiro. Além disso, a empresa também assegura que fará “muito mais” para desfazer o mal-entendido sobre como a privacidade e segurança funcionam em seu app.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Basta clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!