Os jogos de planejamento de colônias obedecem a um conjunto de princípios imutáveis. Dessa forma, eles começam com uma nave espacial pousando em um estranho mundo novo. Algumas unidades de construção caem na superfície, em busca de recursos naturais para fabricar as máquinas e as construções que fornecem sustento. ‘Surviving Mars’ é um desses jogos de estratégia. Feito pelos desenvolvedores da série ‘Tropico’, ele se apresenta como mais um ‘SimCity in space”. Mas começos familiares desmentem algo mais exótico e estranho.

Veja também os melhores jogos de construir cidades!

Chegaremos a isso em um momento. Primeiro, vamos olhar através dos acres sombrios de xisto e escória e dar nossos primeiros passos.

Prioridades

Surviving Mars: veja o review completo do game! - Foto: OD MAS
Surviving Mars: veja o review completo do game! – Foto: OD MAS

Oxigênio, água, abrigo e comida são as primeiras prioridades. Em ‘Surviving Mars’, a água é mantida no subsolo, em raros bolsões de gelo. Nós os extraímos usando uma das muitas máquinas, que são feitas de metal e concreto (que também são extraídas). Esses aparelhos são sustentados por redes de usinas, cabos, tubulações e filtros de ar, que funcionam como infraestrutura para a diversão: os biomas.

Eles abrigam os humanos, que estão prontos para trabalhar minerando mais coisas, de que precisam para construir casas, fazendas, escolas, hospitais, lanchonetes e até bebedouros. As fábricas pegam as matérias-primas e as transformam em novos recursos, que são usados ??para construir estruturas cada vez mais úteis.

Enquanto tudo isso acontece, nós pesquisamos o planeta em busca de seus segredos, incluindo descobertas científicas que turbinam uma vasta árvore tecnológica barroca.

Um lar de metais valiosos

 Surviving Mars: veja o review completo do game! - Foto: OD MAS
Surviving Mars: veja o review completo do game! – Foto: OD MAS

O planeta também é o lar de metais valiosos que arrancamos do solo e vendemos para os nossos primos na Terra. Sem essa renda de alto nível, a colônia não sobreviverá. Mas demora um pouco para chegar a um lugar onde Marte seja uma preocupação constante. Nesse ínterim, podemos enviar de volta à Terra em busca de naves que tragam novos colonos, máquinas e até (com grandes despesas) recursos essenciais que não conseguimos acumular de forma nativa.

Tudo isso cria um ciclo de conquistas atraente, embora familiar, de mais uma rodada. Assim que uma tarefa é bem resolvida, outra aparece para substituí-la. Os edifícios precisam de reparos constantes, especialmente se forem atingidos por um meteoro ou inundados por uma tempestade de poeira, ambos riscos bem comuns.

As unidades e edifícios são lindas criações, com animações que exigem uma inspeção minuciosa e pequenos toques deliciosos e bem-humorados.

Um jogo que se diferencia dos construtores de cidades comuns

Surviving Mars: veja o review completo do game! – Foto: JN MAS

Ao contrário de muitos jogos de planejamento metropolitano da Terra, ‘Surviving Mars’ não se preocupa muito com o zoneamento de bairros, estética ou até mesmo expansão urbana. As cidades tendem a se parecer com canteiros de obras, um emaranhado confuso de cabos, lixo e depósitos de armazenamento.

Cada liquidação é dependente de recursos limitados e finitos, que estão muito distantes do próximo conjunto de recursos. O planejamento requer uma compreensão da distância e do tempo. Porque leva muito tempo e muito trabalho para começar novos assentamentos. E é aqui que ‘Surviving Mars’ fica bem interessante.

Eu descobri em muitos desses jogos que a alegria inicial de criar um mundo pessoal pode muitas vezes dar lugar a uma agitação no meio da aventura de atualizações e expansão, levando à abundância, enfadonho e abandono no final do jogo.

Mas esta calibração cuidadosa de Marte como um lugar cheio de golpes duros torna o game bem desafiador.  Dificuldades narrativas, como artefatos alienígenas e decisões políticas difíceis, aumentam o drama. Mas as verdadeiras estrelas aqui são os espaços entre os assentamentos e as dificuldades aí existentes.

Um game bem inteligente

Surviving Mars: veja o review completo do game! – Foto: PG MAS

Em ‘Surviving Mars’, um assentamento bem oleado é geralmente um sinal de desastre iminente. Mesmo uma sugestão de abundância é um chamado urgente para seguir em frente, para encontrar a próxima grande greve.

Fundar um segundo ou terceiro posto avançado envolve todo o planejamento, premeditação e adivinhação de uma grande campanha militar. Mas nada pode ser construído sem atenção assídua às coisas que já estão funcionando. Em essência, este é um jogo de girar pratos, no qual você perde tudo quando tira os olhos do único recurso que achava que estava funcionando bem.

Em muitos jogos, essa configuração de colapso por design pode parecer artificial e até enlouquecedora. Os projetistas de jogos de estratégia grandes e complicados às vezes são incapazes de tirar seus jogadores da gravidade dos estados de falha embutidos. Uma vez que as coisas começam a dar errado, o sofrimento pode parecer quase irreversível. ‘Surviving Mars’ é inteligente o suficiente para nos colocar em muitas posições ruins, mas costumar ter uma saída.

Drones e humanos

Surviving Mars: veja o review completo do game! – Foto: RE MAS

O micro gerenciamento é uma forma de evitar o apocalipse. Muito do trabalho pesado é feito por drones, que voam por aí fazendo principalmente o que deveriam fazer. Quando estão bem abastecidos de recursos, eles zumbem com eficiência sinfônica.

Os humanos, ao contrário, são menos prestativos. Eles não precisam apenas de água, comida e abrigo, mas também de entretenimento, educação e luxos. Às vezes, construir um pub para eles resolverá o problema, mas também vale a pena checá-los individualmente, apenas para ter certeza de que estão na profissão certa ou não estão pensando em suicídio.

A procriação é difícil, exigindo grandes investimentos em hospitais, escolas e universidades. Portanto, os colonos que ficam velhos e frágeis, ou que morrem, devem ser substituídos por terráqueos caros. Mas tudo isso resulta em uma vasta farra de construção e gestão que parece menos um jogo e mais um projeto criativo.

Todos os sistemas interligados de ‘Surviving Mars’ contribuem para um afundamento de tempo impressionante que mescla lógica, premeditação, psicologia e experimentação. Se você é o tipo de pessoa que gosta de se perder em estratégias, construções e planejamentos de alto risco, vale a pena dar uma olhada em  ‘Surviving Mars’.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!