Você já percebeu que algumas URLs começam com “http: //”, enquanto outras começam com “https: //”? Talvez você tenha notado esses “s” extras ao navegar em sites que exigem o fornecimento de informações confidenciais, como quando você estava pagando contas online. Mas de onde veio esse “s” extra e o que isso significa? Hoje vamos responder essa questão e tudo o que você precisa saber sobre o SSL Certificate.

Veja também o que é um Ransomware!

Para simplificar, o “s” extra significa que a sua conexão com esse site é segura e criptografada. Assim, todos os dados inseridos são compartilhados com segurança com esse site. Além disso, vale lembrar que a tecnologia que alimenta esse pequeno “s” recebe o nome de SSL, que significa “Secure Sockets Layer”.

O que é um certificado SSL?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! - Foto: PPL MAS
SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: PPL MAS

Os certificados SSL permitem que os sites mudem de HTTP para HTTPS, o que é mais seguro. Um certificado SSL é um arquivo de dados hospedado no servidor de origem de um site. Assim, os certificados SSL possibilitam a criptografia SSL / TLS e contêm a chave pública do site e a identidade do site, junto com informações relacionadas. Os dispositivos que tentam se comunicar com o servidor de origem farão referência a esse arquivo para obter a chave pública e verificar a identidade do servidor. Por fim, vale lembrar que a chave privada fica em segredo e segura.

O que é SSL?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! - Foto: TS MAS
SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: TS MAS

SSL, também conhecido como TLS, é um protocolo para criptografar o tráfego da Internet e verificar a identidade do servidor. Assim, qualquer site com um endereço da web HTTPS usa SSL / TLS.

Quais informações um certificado SSL contém?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! - Foto: C2 MAS
SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: C2 MAS

Os certificados SSL incluem:

  • O nome de domínio para o qual o certificado recebeu emissão;
  • Para qual pessoa, organização ou dispositivo recebeu emissão;
  • Qual autoridade de certificação o emitiu;
  • A assinatura digital da autoridade de certificação;
  • Subdomínios associados;
  • Data de emissão do certificado;
  • Data de validade do certificado;
  • A chave pública (a chave privada fica em segredo).

As chaves públicas e privadas usadas para SSL são essencialmente longas cadeias de caracteres usadas para criptografar e descriptografar dados. Dessa forma, os dados criptografados com a chave pública só podem ser descriptografados com a chave privada e vice-versa.

Por que os sites precisam de um certificado SSL?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! - Foto: UOL MAS
SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: UOL MAS

Um site precisa de um certificado SSL para manter os dados do usuário seguros, verificar a propriedade do site, evitar que invasores criem uma versão falsa do site e ganhar a confiança do usuário.

Criptografia: a criptografia SSL / TLS é possível devido ao emparelhamento de chave pública e privada que os certificados SSL facilitam. Os clientes (como navegadores da web) obtêm a chave pública necessária para abrir uma conexão TLS de um certificado SSL do servidor;

Autenticação: os certificados SSL verificam se um cliente está se comunicando com o servidor correto que realmente possui o domínio. Isso ajuda a evitar falsificação de domínio e outros tipos de ataques;

HTTPS: o mais importante para empresas, um certificado SSL é necessário para um endereço da web HTTPS. HTTPS é a forma segura de HTTP, e sites HTTPS são sites que têm seu tráfego criptografado por SSL / TLS.

Além de proteger os dados do usuário em trânsito, o HTTPS torna os sites mais confiáveis ??do ponto de vista do usuário. Muitos usuários não perceberão a diferença entre um endereço da web http: // e https: //, mas a maioria dos navegadores começou a marcar sites HTTP como “não seguros” de maneiras mais perceptíveis, tentando fornecer incentivos para mudar para HTTPS e aumentar a segurança.

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! - Foto: CF MAS
SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: CF MAS

Quais os tipos de certificados SSL?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: TS MAS

Os certificados SSL podem se dividir em 3 grupos de validação:

  • Certificados de validação de domínio: requer que um candidato a certificado comprove o seu controle apenas sobre o nome de domínio. Dessa forma, o certificado emitido contém um nome de domínio que foi fornecido à Autoridade de Certificação na solicitação de certificado.
  • Certificados de validação de organização: requer que um requerente de certificado prove que a sua empresa é uma empresa registrada e legalmente responsável, e para passar na validação de domínio. O certificado emitido contém um domínio e o nome da empresa do requerente do certificado.
  • Certificados de validação estendida: Inclui requisitos de validação de dois tipos de validação mencionados acima e requisitos adicionais. Além disso, o certificado emitido contém um domínio e o nome da empresa do requerente do certificado.

Como um site obtém um certificado SSL?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: TS MAS

Para que um certificado SSL seja válido, os domínios precisam obtê-lo de uma autoridade de certificação (CA). Assim, uma CA é uma organização externa, um terceiro confiável, que gera e fornece certificados SSL. Além disso, a CA também assinará digitalmente o certificado com sua própria chave privada, permitindo que dispositivos clientes o verifiquem. A maioria, mas não todas, as CAs cobram uma taxa pela emissão de um certificado SSL.

Assim que o certificado é emitido, ele precisa ser instalado e ativado no servidor de origem do site. Os serviços de hospedagem na Web geralmente podem lidar com isso para operadores de sites. Depois de ativado no servidor de origem, o site poderá ser carregado por HTTPS e todo o tráfego de e para o site será criptografado e seguro.

O que é um certificado SSL autoassinado?

SSL Certificate: veja o que é e para o que serve! – Foto: TS MAS

Tecnicamente, qualquer pessoa pode criar seu próprio certificado SSL, gerando um par de chaves públicas e privadas e incluindo todas as informações mencionadas acima. Esses certificados recebem o nome de certificados autoassinados porque a assinatura digital usada, em vez de ser de uma CA, seria a própria chave privada do site.

Mas com certificados autoassinados, não há autoridade externa para verificar se o servidor de origem é quem afirma ser. Os navegadores não consideram os certificados autoassinados confiáveis ??e ainda podem marcar sites com um como “não seguro”, apesar do URL https: //. Além disso, eles também podem encerrar a conexão completamente, bloqueando o carregamento do site.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Basta clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!