As crianças estão finalmente sentando para fazer algumas tarefas da escola, e agora você está focado o suficiente para verificar seus e-mails e riscar alguns trabalhos de sua lista de afazeres. No entanto, algo acontece e o site carregar por minutos e não abre. Se os problemas de conexão forem muito comuns em diferentes áreas da sua casa, você pode ter um problema de Internet sem fio. E todos nós sabemos que agora não é hora para ter problemas de internet. Mas a boa notícia é que você pode levar essa conectividade desanimadora a níveis ideais com um pequeno dispositivo chamado repetidor de Wi-Fi.

Veja também como melhorar o sinal de Wi-Fi da sua casa!

Abaixo você verá o que é um repetidor de Wi-Fi, como eles funcionam, quais são os melhores e também como configurá-los. Confira:

O que é um repetidor de Wi-Fi?

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: PT
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: PT

Um repetidor de Wi-Fi se conecta ao seu roteador (sem fio ou por meio de uma conexão com fio) para ajudar a estender o sinal de Internet para salas que são zonas mortas de Wi-Fi devido a paredes, obstruções de móveis ou espaçamento geral. Dessa forma, é um dispositivo separado que fica entre o roteador sem fio e as áreas onde você deseja uma cobertura Wi-Fi mais forte.

Como funcionam os repetidores de Wi-Fi?

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: BDI
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: BDI

Depois que uma conexão é feita entre o seu dispositivo conectado à Internet e o roteador, o extensor de Wi-Fi (às vezes chamado de extensor de alcance de Wi-Fi) captura o sinal existente e o retransmite em um canal diferente de sua posição, agindo como intermediário para retransmitir a conexão. Isso lhe dará uma gama mais ampla de sinais sem fio em toda a sua casa.

No entanto, o maior desafio é encontrar o local certo para o seu repetidor de wi-fi. Ele precisa estar perto o suficiente do roteador para captar o sinal, mas longe o suficiente para retransmitir esse sinal para a sala ou área onde você precisa de um Wi-Fi doméstico mais forte.

Os melhores repetidores de Wi-Fi

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: RSA
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: RSA
  • Antenas / removíveis: 4 externas / Não;
  • Especificações de Wi-Fi: AC2600 802.11ac de banda dupla;
  • Portas: Ethernet de 1 gigabit;
  • Tamanho: 6,3 x 3,0 x 1,8 polegadas.

O TP-Link RE650 ocupa uma posição de destaque como o melhor extensor Wi-Fi geral, com um conveniente design de plug-in e longo alcance para grandes residências. Dessa forma, ele possui muita potência e oferece grandes velocidades de até 23 metros. Na verdade, o único problema com o TP-Link RE650 é que a unidade de plug-in é grande o suficiente para provavelmente bloquear as tomadas adjacentes, mas isso é um pequeno problema para o excelente desempenho que este extensor oferece.

Além disso, o TP-Link RE650 oferece velocidades competitivas em um design prático e fácil de instalar. Com quatro antenas externas e suporte CA sem fio de banda dupla, o TP-Link RE650 é uma ótima opção para residências grandes.  Por fim, você também pode configurar e monitorar sua rede estendida com o prático app Tether da TP-Link, que coloca configurações avançadas e ferramentas de segurança diretamente no seu celular ou tablet.

2. Netgear AX1800 4-Stream Mesh Extender (EAX20)

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: TG
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: TG
  • Antenas / removíveis: 4 internas / Não;
  • Especificações de Wi-Fi: AX1800 802.11ax banda dupla;
  • Portas: Ethernet de 4 gigabit;
  • Tamanho: 9,5 x 6,7 x 2,5 polegadas.

Com velocidades de Wi-Fi 6 e até mesmo capacidade de malha incorporada, o Netgear AX1800 Mesh Extender (EAX20) já era um candidato ao melhor extensor de Wi-Fi que você pode obter. Embora nem todos fiquem entusiasmados com seu design grande – sem um design de plug-in, não há como esconder esse extensor atrás do sofá ou no canto – e um preço que é mais caro do que alguns roteadores, a prova está no desempenho. E cara, o Netgear EAX20 oferece, com velocidades líderes da categoria e um alcance incrível.

O Netgear EAX20 faz uma coisa e faz bem: estende redes que são mais rápidas e têm um alcance maior do que a concorrência. Dessa forma, adicione um punhado de opções de personalização e adicione uma camada de segurança online para ajudar a proteger sua rede doméstica, e não é difícil dizer que este extensor reconhecidamente caro vale cada centavo.

3. Extensor de alcance Wi-Fi Rock Space AC1200

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: YouTube
  • Antenas / removíveis: 2 externas / Não;
  • Especificações de Wi-Fi: AC1200 802.11ac banda dupla;
  • Portas: Ethernet de 1 gigabit;
  • Tamanho: 3,4 x 3,1 x 2,0 polegadas.

Para um extensor Wi-Fi acessível, mas capaz, você pode querer considerar o extensor de alcance Wi-Fi Rock Space AC1200. Portanto, com desempenho de Wi-Fi básico sólido e configuração extremamente simples, este pequeno extensor de Wi-Fi é uma ótima maneira de cobrir o ponto morto estranho em sua cobertura de Wi-Fi ou de enviar sinais sem fio mais fortes para o seu “pátio” ou garagem.

Com um design de plug-in compacto e antenas ajustáveis, você pode facilmente colocar o extensor Rock Space fora do caminho, e a configuração pode ser feita em apenas alguns minutos, sem nenhum app extra para se preocupar. Além disso, com um desempenho sólido no meio da estrada que funciona tão bem entre os andares quanto entre ambientes, também é uma ótima opção para moradias geminadas e outras residências de vários andares. Só não espere velocidades extremas ou opções de personalização avançadas – isso é estritamente para Wi-Fi básico.

4. Netgear Nighthawk X6S EX8000 Tri-band WiFi Extender

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: RE
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: RE
  • Antenas / removíveis: 6 internas / Não;
  • Especificações de Wi-Fi: AC3000 802.11ac tri-band;
  • Portas: Ethernet de 4 gigabit, USB 2.0;
  • Tamanho: 8,9 x 6,7 x 3,7 polegadas.

O Netgear Nighthawk X6S EX8000 Tri-band Extender emergiu como o extensor Wi-Fi de melhor desempenho que testamos por uma grande margem, com velocidades de dados mais rápidas e um alcance enorme. Além disso, ele também tem alguns truques na manga que outros extensores podem não combinar, como a capacidade de usar o X6S com qualquer roteador padrão para fazer uma rede mesh real, dando a você uma cobertura mais contínua em toda a casa. Dessa forma, você pode até adicionar unidades adicionais para expandir essa rede mesh por toda a parte.

O Nighthawk X6S usa um design de desktop que é muito maior do que o amplificador de sinal plug-in médio, mas esse tamanho permite mais antenas (seis no total) e hardware mais robusto que oferece cobertura tri-band. É grande e caro, mas vale cada centavo.

5. Linksys RE7000 Max-Stream AC1900 + Extensor de alcance Wi-Fi

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! - Foto: LS
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: LS
  • Antenas / removíveis: 4 externas / Não;
  • Especificações de Wi-Fi: banda dupla 802.11ac;
  • Portas: Ethernet de 1 gigabit;
  • Tamanho: 4,9 x 3,2 x 1,7 polegadas.

Precisa aumentar a cobertura e o alcance da sua rede Wi-Fi, mas não quer um extensor que se destaque? Dessa forma, o extensor de alcance Wi-Fi Linksys RE7000 Max-Stream AC1900 + é compacto e discreto, com um design que não bloqueia outras tomadas ou se destaca como um produto de tecnologia espalhafatoso. É facilmente o melhor extensor de Wi-Fi para pessoas que desejam um design discreto, em vez de um tijolo enfeitado com antena que bloqueia as tomadas adjacentes.

Mas, além do design sutil, o Linksys RE7000 Max-Stream AC1900 + oferece velocidades de transferência sólidas e assistência de configuração que o ajuda a encontrar o local certo para um desempenho ideal. O desempenho geral é muito bom, mas o assistente de configuração o torna uma ótima escolha para quem deseja um pouco de ajuda para fazer as coisas configuradas da maneira certa.

Como configurar um repetidor de Wi-Fi?

Antes de tudo, encontre um posicionamento ideal para ele

Configurar Wi-Fi Repeater: veja como! - Foto: Zoom - Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial! - Foto: Zoom
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: Zoom

Onde você colocar o extensor é a chave para o seu sucesso, portanto, mantenha a mente aberta e esteja pronto para mover o extensor se os resultados forem decepcionantes. Dessa forma, comece com as zonas mortas e as tomadas CA. Além disso, procure uma tomada que esteja aproximadamente a meio caminho entre o roteador e onde você deseja que o sinal Wi-Fi do extensor vá. Em seguida, conecte o extensor e siga as instruções para vinculá-lo ao seu roteador. Quando estiver operando, vá para a zona morta e veja se o wi-fi está funcionando.

Além disso, ao escolher a localização do extensor, evite objetos que irão refletir o sinal (como espelhos ou grandes peças de metal) ou absorvê-lo (paredes, armários ou suportes de alvenaria). Outro grande perturbador dos extensores de Wi-Fi são os sinais de radiofrequência perdidos de coisas que interferem nos sinais de Wi-Fi. Dessa forma, os principais culpados aqui são os fornos de microondas, telefones sem fio, geladeiras ou até mesmo monitores para bebês. 

Verifique o login e senha inicial

Configurar Wi-Fi Repeater: veja como! - Foto: G55 - Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial!
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: G55

Os modelos deste tipo de produto, na maioria dos casos vem configurado com uma rede e senha padrão, apenas para uma primeira conexão. Portanto, esta informação é bem importante e geralmente está presente no próprio repetidor ou em seu manual. Assim, antes de começar as etapas abaixo, certifique-se de onde elas estão localizadas.

Começando a configuração

Agora que você já tem em mãos as informações citadas “essenciais”, ligue o aparelho conforme as instruções do manual. Neste primeiro momento, ele não precisa estar no local em que ele ficará instalado. Além disso, é bom se certificar que ele esteja com o sinal estável. Agora, no seu PC Windows, siga estes passos para configurá-lo:

  1. Primeiramente, clique no ícone do Wi-Fi na bandeja do sistema e selecione a rede feita pelo repetidor. Se preferir, um cabo de rede também pode ser utilizado para a configuração inicial. Mas isso depende do modelo do repetidor;
Configurar Wi-Fi Repeater: veja como! - Foto: OD - Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial!
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

2. No entanto, caso o seu navegador não abra para configurar o repetidor de forma automática, vá no “Menu iniciar”, procure o prompt de comando e abra-o;

Configurar Wi-Fi Repeater: veja como! - Foto: Rafael Vieira - Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial!
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: Rafael Vieira

3. Em seguida, digite o comando: “ipconfig”. Dessa forma, anote o IP do Gateway padrão;

Configurar Wi-Fi Repeater: veja como! - Foto: OD - Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial!
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

4. Com o último IP anotado, abra o navegador de sua preferência e acesse-o como se fosse um site. Por fim, entre com as credenciais necessárias fornecidas no manual do repetidor.

Estas etapas demonstradas acima servem para qualquer repetidor, independentemente de sua marca. Por sua vez, os passos abaixo variam de acordo com o modelo e a fabricante do dispotivo. Como exemplo neste tutorial serão utilizados repetidores das marcas TP-Link e D-Link.

  1. Na primeira tela de configuração, clique em “Próximo”;
Como configurar repetidor de sinal? Veja o tutorial!
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

2. Em seguida, na lista de conexões exibidas, selecione qual rede o repetidor deverá ficar conectado;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

3. Agora, escolha o país em que ele está sendo utilizado e clique em “Próximo”;

4. Em seguida, selecione o protocolo de segurança do seu roteador principal e coloque a senha para se conectar a ele. Já nos últimos campos, você configura o nome e senha da rede a ser criada pelo seu repetidor. Mas se preferir, pode deixá-la com o mesmo nome da conexão principal para que ela funcione como uma extensão da rede original;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

5. Por fim, tire o repetidor da tomada e ligue-o no local que deseja.

  1. Primeiramente, na tela inicial, selecione o idioma desejado e clique em “Avançar”;
Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

2. Em seguida, escolha se vai estender um sinal Wi-Fi já existente ou se a internet para o repetidor virá de uma rede cabeada. No tutorial, será mostrado o processo estendendo o sinal Wi-Fi;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

3. Agora, coloque a senha da rede;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

4. Em seguida, defina um nome e senha para a rede que será criada pelo seu repetidor;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

5. Agora, coloque uma senha que será utilizada apenas para o painel de controle administrativo do seu roteador, caso você queira alterar alguma configuração depois;

Repetidor de Wi-Fi: veja o que você deve saber sobre o aparelho! – Foto: OD

6. Agora, clique em “Concluir” e espere o repetidor ser reiniciado. Por fim, tire o repetidor da tomada e ligue-o no local desejado.

Além disso, lembre-se sempre que as conexões criadas por repetidores são em geral um pouco mais fracas do que as criadas por um roteador. Sendo assim, este tipo de rede pode enfrentar dificuldades em tarefas como jogos online ou até streaming de vídeos em alta resolução.

Apesar do processo acima ter sido realizado em repetidores da marca D-Link e TP-Link, as etapas para este tipo de aparelho não variam muito para outras fabricantes. Portanto, se o seu repetidor Wi-Fi for de outro fabricante, o processo deverá ser praticamente o mesmo. Agora, você já sabe como fazer o sinal Wi-Fi chegar em lugares de difícil acesso.

Gostou?

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Basta clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!