As carteiras digitais possuem muitas funcionalidades, que mudaram completamente a maneira que lidamos com formas de pagamento. Por meio delas, é possível fazer o cadastro de um cartão de crédito que é utilizado para recarregar o celular, utilizar de QR code em lojas físicas ou mesmo pagar boletos. No entanto, algumas pessoas conseguiram burlar o sistema. Pensando nisso, o Nubank pode cancelar cartão de quem usa truques para pagar a fatura.

A fintech descobriu que muitos dos clientes do Nubank tem cadastrado seus cartões em aplicativos como Mercado Pago, RecargaPay ou PicPay com a intenção de postergar a fatura, de forma que evitassem o valor de juros por atraso. Por meio desses aplicativos, os usuários conseguiam pagar o valor total da fatura com o cartão de crédito.

Alguns, ainda, conseguiam fazer depósito de dinheiro diretamente na Nu conta. Isso porque ao pagar o boleto de depósito com o cartão através das ferramentas, o dinheiro era transferido automaticamente para a conta do cliente, sem nenhuma tarifa.

Nubank alerta usuários que usam truques

Com o aumento desse tipo de prática, a Nubank lança um alerta para os clientes sobre fraude digital. Além disso, afirma que os usuários que utilizam desses truques para pagar a fatura podem ter seus cartões cancelados em caso de comprovação da prática indevida.

“O uso do cartão para pagamento da própria fatura ou para depósitos na conta do Nubank poderá ser considerado indevido e poderá acarretar no bloqueio ou cancelamento do cartão”.

A fintech revelou, também, que essa prática pode ser considerada como desrespeito ao contrato de acordo entre o banco e o usuário. Por isso, o Nubank tem o direito de realizar o cancelamento do cartão “a qualquer momento e sem a necessidade de especificar o motivo”. No entanto, se isso de fato ocorrer, o usuário receberá uma notificação avisando que o cancelamento ocorrerá em 5 dias.

Mesmo com esse tipo de prática, o Nubank não se coloca contrário a utilização de carteiras digitais. No entanto, o banco incentiva outros tipos de prática, como a quitação de contas de água, luz e telefone, por exemplo.

Ao alertar os seus clientes, o banco pretende evitar a criação de problemas, além de assegurar o orçamento financeiro. Isso porque essa fraude causa falhas a maneira que a instituição cria seus negócios. Isso devido ao fato de que a fatura do cartão é adiada um mês sem a taxa de juros, que varia entre 2,75% e 14%.

O Nubank reforça que para quem esteja com problemas para pagar a fatura, que refaça a divisão das parcelas ou realize um empréstimo no próprio banco, com uma taxa de 4,13% mensalmente. Além disso, essas opções melhoraram a relação entre cliente e banco e diminui riscos de inadimplência.

O que você achou da nova medida do Nubank quanto as fraudes em carteiras digitais? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no ícone azul da rede social ao lado!