Muito tem se falado dos requisitos mínimos para rodar o Windows 11. Além de excluir processadores mais antigos, o novo sistema da Microsoft também exige o TPM 2.0, algo que é totalmente desconhecido para a maioria dos usuários padrão.

Um App pode te dizer se seu PC roda o Windows 11!

Atendendo a muitas reclamações por causa da compatibilidade de sistema, a Microsoft explicou a importância desses requisitos em seu blog oficial.

Segundo a companhia, o Windows 11 foi feito pensando em 3 pilares principais: segurança, confiabilidade e compatibilidade. O projeto buscou adaptar o sistema aos componentes mais recentes e visa “acompanhar as necessidades de computação das pessoas.”.

“Precisamos de um requisito mínimo do sistema que nos permita adaptar software e hardware para acompanhar as expectativas, necessidades e aproveitar o verdadeiro valor e poder do PC para entregar as melhores experiências, agora e no futuro.”

O novo Windows deve ter o foco em segurança através do Windows Hello, Secure Boot, proteção baseada em virtualização e ferramentas de criptografia. Esse tipo de tecnologia só é possível em hardwares mais recentes, contando com o TPM 2.0 embutido na placa-mãe ou processador.

Além disso, a Microsoft disse que o sistema é 99,8% livre de falhas, o que demandaria opções mais avançadas do que seu irmão mais velho, Windows 10.

O que você achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Clique em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!