Os humanos têm um fascínio incrível e macabro pelas teorias do fim do mundo. Será que a humanidade vai explodir ou desaparecer? Somos os arquitetos de nossa própria morte ou peões cósmicos em um jogo que não podemos controlar? Portanto, pensando nisso, hoje separamos as teorias mais famosas sobre o fim do mundo.

Veja também curiosidades do mundo!

Antes de começar, vale observar que algumas dessas teorias já foram por água abaixo, já que estamos em 2021, passando a data de previsão delas.

Terra arrasada

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: Exame
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Exame

Quer uma teoria do apocalipse que seja efetivamente certa? Opte pelo cenário do sol como um gigante vermelho. Conforme observado pela Universe Today, em aproximadamente 5,4 bilhões de anos o Sol começará a fundir hélio e se expandirá de forma rápida através das órbitas de Mercúrio, Vênus e potencialmente da Terra. Mas a humanidade terá partido muito antes que isso aconteça, uma vez que nossa estrela está constantemente aumentando tanto em luminosidade quanto em calor. Portanto, em pouco mais de 1 bilhão de anos, um aumento de 10% na energia térmica irá desencadear um efeito estufa descontrolado. Dois bilhões e meio de anos mais e o sol ferverá nossos oceanos, derreterá as calotas polares e transformará a Terra em uma segunda Vênus.

A solução para a humanidade? Sair da Terra e encontrar um novo planeta.  Assim, a exploração de Marte e de outros sistemas externos é um bom começo.

O astrônomo francês Camille Flammarion pensou que o cometa Halley “extinguiria” toda a vida em 1910

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: Insider
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

A Biblioteca do Congresso relata que a histeria em massa rotulou o Cometa Halley de “o mau-olhado do céu” em 1910, levando à venda de pílulas anti-cometas e máscaras de gás no caso de atingir o planeta e desencadear uma explosão apocalíptica. No entanto, ele passou sem causar danos entre a Terra e o sol em maio daquele ano.

Além disso, ele é um cometa “periódico” que aparece a cada 75 anos. Dessa forma, passou novamente em 1986 e está programado para retornar em 2061.

AI Apocalypse

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: New York Post
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: New York Post

Os robôs estão ocupando os empregos dos humanos. Enquanto as empresas observam que os “novos trabalhadores” podem ajudar a maximizar a produtividade e as preocupações de substituição de robôs em grande escala são infundadas, uma preocupação generalizada persiste. O autor Isaac Asimov o chamou de “Complexo de Frankenstein” – medo de que máquinas inteligentes se levantem e destruam seus senhores humanos. Além disso, esta ideia é uma das favoritas na cultura pop: a saga Exterminador do Futuro de James Cameron continua a ser um destaque cinematográfico.

Mas não é uma coisa certa. Feito corretamente, PCs superinteligentes podem ser nosso melhor aliado contra outros sinais do apocalipse – como observado pela revista ScienceAlert, “uma inteligência com tal poder poderia facilmente combater a maioria dos outros riscos neste relatório, tornando a IA extremamente inteligente em uma ferramenta de grande potencial.”

Chen Hong-min fundou o movimento Chen Tao, se considerava um profeta e disse que Deus apareceria no canal 18 em 31 de março de 1998

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: Insider
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

O fundador e líder do grupo religioso taiwanês Chen Tao (que significa “Caminho Verdadeiro”) mudou-se para Garland, Texas, onde disse que Deus apareceria. Dessa forma, Deus traria a ele e seus seguidores naves espaciais disfarçadas de nuvens em 31 de março de 1998. Além disso, ele também disse que Deus apareceria no canal 18 para anunciar este plano em 25 de março.

Mas quando isso não aconteceu, ele disse em uma entrevista coletiva que suas previsões “podiam ser um disparate”.

Zumbis

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: EDM
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: EDM

Os cenários de zumbis são teorias populares sobre o fim do mundo tanto em romances quanto na televisão, mas é provável que não veremos nenhum andarilho ou comedor de cérebros em um futuro próximo. Para uma doença passar de “irritante” para “o fim do mundo”, ela precisa de quatro características principais:

  • Incurável: como as cepas atuais de Ebola, não há como “curar” a doença, simplesmente sobreviver (se você tiver sorte);
  • Quase sempre fatal: doenças como a raiva quase sempre matam seres humanos não vacinados. Dessa forma, se surgir um patógeno desconhecido com esse tipo de taxa de mortalidade, teremos problemas;
  • Facilmente transmissível: se a doença pode se espalhar como resfriados comuns, não há praticamente nenhuma maneira de impedir que novas infecções aconteçam;
  • Longo período de incubação: doenças como o HIV, que permitem grandes janelas de tempo para que novas vítimas sejam infectadas, se enquadram nesta categoria.

Se uma doença com esses quatro fatores surgisse em uma área urbana de alta densidade, a ciência médica moderna teria dificuldade em fazer qualquer coisa, exceto diminuir o sofrimento dos infectados. Portanto, o investimento em detecção de doenças de resposta rápida e procedimentos de quarentena pode ajudar a reduzir o impacto aqui de “fim do mundo” para “desastroso”.

O “bug do milênio” causou uma preocupação generalizada de que os PCs em todo o mundo falhassem e causassem o colapso da civilização no começo dos anos 2000

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: Insider
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

As lojas vendiam kits de emergência Y2K com alimentos não perecíveis antes do Dia de Ano Novo em 2000, quando as pessoas pensavam que PCs que operavam registros do governo, sistemas de serviços públicos, bancos e qualquer coisa contendo algum tipo de chip de PC travariam e causariam o caos apocalíptico. 

Dessa forma, cerca de US $ 300 bilhões foram gastos atualizando sistemas de PC para resistir ao suposto bug do milênio. Embora não tenha se mostrado necessário, resultou em melhores sistemas de PC.

Vulcões super violentos

Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! - Foto: CC
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: CC

De acordo com a Science Magazine, há um problema apocalíptico que se repete a cada 100.000 anos – super vulcões. Dessa forma, esses vulcões começam com o colapso de caldeiras subterrâneas que produzem erupções de mais de 450 quilômetros cúbicos de magma. Para referência, a explosão do Monte Santa Helena em 1980 liberou apenas 0,25 quilômetros cúbicos de magma. Pior cenário? Além da destruição em grande escala perto do ponto zero, as cinzas lançadas na atmosfera bloqueiam o sol e reduzem as temperaturas globais em cinco a dez graus Celsius por uma década, enquanto as cinzas no solo matam todas as plantas.

A prevenção potencial aqui deriva de um conhecimento sólido, o que significa mais tempo e dinheiro para os cientistas que tentam entender e modelar o comportamento vulcânico. Embora seja impossível eliminar a chance de uma explosão de um super vulcão, bons dados podem ajudar a minimizar o impacto.

O Grande Colisor de Hádrons poderia criar um buraco negro que destruiria o mundo em 2008

blank
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

O “Large Hadron Collider” é o maior e mais poderoso acelerador de partículas do mundo, de acordo com a Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN).  Quando foi inaugurado em 2008, especulou-se que o movimento rápido das partículas subatômicas em seus túneis poderia criar um buraco negro que engoliria a Terra.

Mas os cientistas do CERN garantiram ao público que mesmo se um pequeno buraco negro fosse feito, ele se desintegraria de forma imediata, de acordo com a LiveScience. Além disso, o mundo ainda não foi “engolido”.

O pregador Harold Camping previu que 21 de maio de 2011 seria o “Dia do Julgamento”

blank
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

O pregador de rádio e televisão Harold Camping previu que o mundo acabaria em 21 de maio de 2011. Dessa forma, ele disse que apenas três por cento da população sobreviveria por meio de Deus trazendo-os para o céu, de acordo com o The Washington Post.

A Family Radio, a rede de rádio cristã que hospedou o programa de Camping,  gastou US $ 100 milhões para disseminar sua mensagem, informou a VICE na época.

Mas quando o mundo não acabou, Camping disse que o “Arrebatamento” havia sido um “dia de julgamento invisível”.

As pessoas pensaram que o mundo acabaria quando o calendário maia “terminasse” em 21 de dezembro de 2012

blank
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

Uma pesquisa da Reuters de 2012 descobriu que 10% das pessoas em todo o mundo pensavam que o calendário maia poderia prever o fim do mundo. Além disso, 10% das pessoas relataram estar ansiosas com a possibilidade de o mundo realmente acabar em 21 de dezembro de 2012.

A teoria popular originou-se do fato de que o calendário maia supostamente terminava naquela data após 5.125 anos. Segundo a lenda, a vila de Bugarach,  na França, seria o único lugar na Terra que seria poupado. Um filme de desastre chamado “2012” foi lançado em 2009, estrelado por John Cusack e Chiwetel Ejiofor, avançando ainda mais a teoria.

Os cientistas foram rápidos em desmascarar a previsão do fim do mundo.

“A coisa toda foi um equívoco desde o início”, disse o Dr. John Carlson, diretor do Centro de Arqueoastronomia da NASA, de acordo com um artigo publicado na NASA Science. “O calendário maia não terminou em 21 de dezembro de 2012, e não havia profecias maias predizendo o fim do mundo naquela data.”

O numerologista cristão David Meade disse que usou a geometria das pirâmides de Gizé para calcular que o mundo acabaria em 23 de setembro de 2017

blank
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Insider

David Meade, um teórico da conspiração que se autodenomina numerólogo cristão, escreveu em seu livro “Planeta X – Chegada 2017” que um planeta oculto chamado Nibiru ou Planeta X colidiria com a Terra e a destruiria em 23 de setembro de 2017. Ele disse que o a data foi escrita em código nas pirâmides de Gizé, relatou ao site Metro UK. Mas a data veio e passou sem incidentes.

Aquecimento global

blank
Fim do mundo: confira as teorias mais famosas sobre o apocalipse! – Foto: Globo

Embora o aquecimento global vá “refazer o mundo”, tornando-o mais quente, mais perigoso e mais difícil de pagar pela comida, os cientistas não o veem como um prenúncio da morte total por si só.

Em vez disso, o seu perigo é como um multiplicador de ameaças.  Dessa forma, ele pode ser um fator que contribui para outros efeitos. Onde, se você tem um mundo que está em caos até certo ponto devido às mudanças climáticas, isso pode tornar o conflito mais provável.

Além disso, o aquecimento global ocorrerá lentamente, ao longo de décadas.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!