Um dos homens mais ricos do mundo, através do Twitter, assegurou doar US$ 100 milhões como um prêmio para a melhor tecnologia que tivesse como principal característica a captura de carbono. Ainda disse que mais detalhes serão anunciados na semana que vem.

10 melhores séries mexicanas na Netflix

De primeira, a mensagem que Elon Musk tenta passar soa provocativa. Ou seja, como se ele quisesse dizer que é tão difícil tornar uma tecnologia viável que nenhum projeto seria capaz de acalcar e obter os US$ 100 milhões.

No entanto, ao contrário do que muitos pensam, Musk parece falar sério. Além disso, uma fonte revelou que, para dar o prêmio, Elon Musk se juntou a Xprize Foundation. Da qual se trata de uma organização sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento de projetos tecnológicos benéficos à humanidade.

A partir desse ponto, presumisse que, Elon Musk pretende incentivar o desenvolvimento de tecnologias que sejam capazes de capturar e armazenar carbono. O que irá fazer com que os gases de dióxido de carbono emitidos sejam diminuídos da atmosfera.

Mas não se engane, essa ideia não é nova. Há anos que pesquisas vêm sendo feitas para evitar que gases nocivos ao meio ambiente cheguem à atmosfera e causem os problemas que já conhecemos, como mudanças climáticas e o aumento de doenças causadas por poluição.

Tecnologia de captura de carbono

Um problema é que, quase que por regra, os projetos que envolvem esse tipo de tecnologia têm um custo muito alto, o que dificulta a adoção ou o desenvolvimento da tecnologia.

Dito isso, os US$ 100 milhões prometidos por Elon Musk podem realmente vir à calhar, impulsionando programas de CCS (captura e armazenamento de carbono) que já existem, mas que não tem recursos para serem tirados do papel

Uma iniciativa que pode se beneficiar da proposta é a da LanzaTech. Seu projeto não é exatamente a captura e armazenamento de carbono. No entanto, tem um propósito muito interessante: converter gases poluentes em etanol que pode ser usado em vários produtos.

Outro projeto promissor é o da Climeworks, que se propôs a desenvolver um sistema de filtros que captura o dióxido de carbono direto do ar. O material então é armazenado e usado em aplicações em fertilizantes, por exemplo.

Por fim, de qualquer maneira, ainda temos que esperar o prometido anúncio de Elon Musk na próxima semana para termos uma visão de quais serão os critérios e focos.

O que você achou da provável doação de Elon Musk? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!