À medida que o uso aumenta e mais coisas são baixadas e instaladas, mais pressão é colocada sobre a memória limitada de um notebook e outras capacidades de hardware. Além disso, notebooks lentos são a ruína de muitas empresas, e todos nós conhecemos bem o incômodo de iniciar um programa e esperar séculos para que ele seja aberto. Pode ser tentador só comprar um novo notebook, mas há algumas mudanças que podem estender a vida útil da sua máquina. Portanto, pensando nisso, hoje vamos mostrar como melhorar o desempenho do seu notebook.

Notebook não conecta no Wi-Fi? Veja o que você pode fazer!

Essas medidas são apenas soluções temporárias. Mesmo com uma manutenção consistente, é improvável que seu notebook tenha o mesmo desempenho de quando era novo na caixa. No entanto, seguir essas etapas evitará que você fique com muita raiva.

Exclua programas não utilizados

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: Zoom
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: Zoom

A Internet está cheia de ferramentas e utilitários úteis que podem realizar várias tarefas, desde backup de dados até personalização de desktop. No entanto, esses apps tendem a se acumular com o tempo. É fácil criar uma grande coleção de programas em seu HD que você realmente não usa mais, e isso muitas vezes pode contribuir para que o seu notebook pareça mais lentos no dia a dia.

Os programas utilitários que você pode ter instalado durante a vida útil do seu dispositivo, como antivírus, limpadores de disco e ferramentas de backup, geralmente são executados de forma automática na inicialização. Dessa forma, eles rodam de forma silenciosa em segundo plano, onde você não pode vê-los.

Uma boa regra é ver regularmente os apps que estão instalados e remover aqueles que não usa mais. Se você precisar baixar ferramentas para trabalhos únicos específicos (como clonar um HD), você também deve desinstalá-los quando terminar de usá-los. Dessa forma, você pode evitar situações semelhantes no futuro.

Limitar programas de inicialização

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: IT PRO
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: IT PRO

Muitos programas são feitos para iniciar de forma automática assim que o Windows for inicializado. Os fabricantes de software geralmente configuram seus programas para serem abertos em segundo plano para que abram de forma imediata quando você clicar em seus ícones. Isso é útil para apps que você usa muito, mas para programas que você raramente ou nunca usa, isso desperdiça memória e atua como um obstáculo na velocidade geral do sistema, além de tornar sua máquina bem mais lenta para inicializar a área de trabalho.

Felizmente, agora é mais fácil do que nunca ajustar quais apps podem ser executados na inicialização. Primeiramente, basta ir ao menu de “Configurações”, clicar em “Aplicativos” e depois na guia “Iniciar”. Isso mostrará uma lista de todos os apps ou serviços que têm a opção de execução na inicialização. Além disso, há um rótulo mostrando o impacto nos recursos e no desempenho do sistema e uma chave seletora para bloquear ou permitir sua execução na inicialização. Dessa forma, basta ligar o botão em todos os serviços que não deseja executar o tempo todo e você deverá começar a ver uma melhoria no desempenho e no tempo de inicialização do seu notebook.

Livre-se de “bloatwares”

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: TB
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: TB

Não são apenas os PCs antigos que podem sofrer com a latência. Novos PCs também podem, e isso geralmente se deve aos fabricantes de bloatware que pré-instalam em seus notebooks. Isso às vezes assume a forma de software e serviços do próprio fabricante, mas também pode incluir apps de terceiros que são pré-instalados como parte de acordos de distribuição comercial entre o fabricante e os fornecedores de software. Quer você se refira a ele como “bloatware”, “crapware” ou “PUP”, esse software indesejável pode realmente tornar o PC lento. 

Da mesma forma que os antigos apps, esses serviços podem obstruir a capacidade de processamento e a memória e consumir espaço de armazenamento. Além disso, você pode descobrir que alguns programas pré-instalados – como o pacote Microsoft Office ou o cliente de desktop Dropbox – são adições úteis, mas há uma boa chance de que pelo menos alguns deles excedam os requisitos. É por esse motivo que vale a pena reservar um tempo para identificar todos os apps pré-instalados que podem ser inicializados.

Remover malware

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: ODN
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: ODN

Não é fácil detectar malware na web moderna, seja por meio de ataques de “watering hole”, “downloads drive-by” ou anexos de e-mail maliciosos. Além disso, vale lembrar que o Malware não é necessariamente algo que inutilize instantaneamente o seu PC. Em muitas vezes, ele pode permanecer oculto em seu sistema por anos, vazando dados e espionando as suas atividades. Ele também pode deixar sua máquina mais lenta e, ao contrário dos programas de inicialização, pode ser difícil identificar quando o malware é a causa da lentidão.

Felizmente, esse é um problema relativamente fácil de resolver. Um pacote de segurança gratuito deve proteger o seu sistema da maioria das ameaças comuns na web. Além disso, configurar verificações de vírus regulares ajudará a manter seu sistema funcionando sem ser obstruído por processos maliciosos.

Exclua recursos desnecessários do sistema

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: IT PRO
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: IT PRO

Uma das primeiras coisas que você deve fazer se o seu PC não estiver funcionando tão rápido quanto antes é executar um scanner de arquivo para verificar se há algum arquivo ou pasta antigo que você não precisa mais ou não usa há muito tempo. Qualquer um desses dados extras, como caches, cookies e arquivos temporários podem fazer seu PC funcionar muito mais lento.

Além disso, existem várias ferramentas disponíveis para ajudá-lo a organizar seus arquivos, e uma das mais populares é o CCleaner. Você deve se lembrar que o CCleaner sofreu um hack, mas a empresa diz que resolveu esses problemas. Dessa forma, o CCleaner é uma ferramenta útil o suficiente que ainda recomendamos para esta tarefa.

Ele rastreará o HD do seu PC, procurando por arquivos que não tenham sido usados ??por um longo tempo, excluindo-os se você der permissão para isso. Além disso, ele também procurará por quaisquer problemas com o registro que podem estar deixando seu PC lento e uma guia de “Ferramentas” permite que você desinstale programas diretamente do app, desligue programas de inicialização e identifique arquivos grandes em sua máquina que estão ocupando espaço em disco.

Por fim, você também pode usar a guia “Ferramentas” para explorar vários outros recursos oferecidos pelo CCleaner, incluindo análise de disco e remoção de apps. Você também pode acessar o menu de “Configurações” do CCleaner e desativar as notificações de atualização, pois elas podem se tornar irritantes se você estiver planejando usar o app apenas a cada dois meses.

Desfragmente o seu HD

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: TM
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: TM

HDs mecânicos antigos podem frequentemente sofrer fragmentação. Isso acontece quando os vários bits diferentes que constituem um arquivo completo estão espalhados pela superfície física do prato da unidade. Como o cabeçote da unidade precisa se deslocar ainda mais pela superfície do disco para ler todas as partes separadas, isso torna a máquina mais lenta. A desfragmentação reestrutura o disco de modo que todos os bits que compõem os vários arquivos sejam agrupados na mesma área física, o que aumenta a velocidade de acesso ao HD ao mesmo tempo. Observe, entretanto, que como as SSDs não usam discos giratórios, elas são imunes à fragmentação.

É fácil verificar se um disco físico precisa de desfragmentação. Dessa forma, basta acessar a “Guia de armazenamento” no menu de “Configurações” do sistema do Windows 10 e clicar na opção rotulada “Otimizar unidades”. Isso abrirá o assistente de otimização, que permite que você analise todos os drives da sua máquina individualmente e apresenta uma porcentagem mostrando o quão fragmentado cada um está. A partir daí, você pode desfragmentar a unidade, o que deve resultar em mais estabilidade e desempenho mais rápido.

Use o ReadyBoost para aumentar sua memória

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: TT

O ReadyBoost é um pequeno recurso inteligente que foi introduzido pela Microsoft como parte do Windows Vista. Dessa forma, ele permite aumentar a memória do sistema usando uma unidade flash como capacidade adicional.

Embora não seja tão eficaz quanto trocar um HD tradicional por um de estado sólido ou adicionar mais RAM, o ReadyBoost aumentará um pouco o desempenho do seu sistema, especialmente se você estiver usando um notebook de baixa potência com apenas alguns de gigabytes de RAM. Ele reserva uma parte da memória da unidade flash para tarefas como armazenamento em cache, auxiliando na abertura mais rápida de apps usados ??com frequência e aumentando as velocidades de acesso de leitura aleatória do HD.

Para usar o ReadyBoost, primeiro insira uma unidade de memória USB em um slot USB vazio no notebook que você deseja acelerar. Uma caixa de diálogo será aberta perguntando o que você deseja fazer com a unidade flash. Escolha “Acelerar meu sistema usando Windows ReadyBoost”. Outra janela se abrirá e aqui você pode selecionar quanto da unidade deseja desistir para impulsionar.  Geralmente, é uma boa ideia usar o máximo possível da unidade.

Feito isso, confirme as configurações e a janela será fechada. Dessa forma, a unidade será detectada de forma automática e usada sempre que for conectada.

Uma última observação: se a sua máquina já for rápida o suficiente, o Windows irá impedi-lo de usar o ReadyBoost, pois seu sistema não será capaz de ver nenhum benefício dele.

Desligue as animações desnecessárias

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: IT PRO

Desde o Windows Vista (e alguns diriam que desde o Windows XP ), o SO da Microsoft ficou cheio de gráficos sofisticados e floreios animados que pouco fazem para melhorar a produtividade. Por padrão, o Windows desabilitará automaticamente alguns deles com base na potência do seu sistema, mas se você estiver disposto a sacrificar um pouco mais o apelo estético em prol da velocidade, é fácil desligar todos os gráficos e rodar no essencial.

Para fazer isso, abra o menu “Iniciar” e comece a digitar “Ajustar a aparência e o desempenho do Windows”. Em seguida, clique nesta opção e no menu de rolagem desmarque tudo o que você não deseja ver na área de trabalho (como sombras, fontes suaves e etc.). Clique em “OK” e isso mudará a área de trabalho para algo mais básico.

Em sistemas diferentes do Windows 10, desligar tudo dá à área de trabalho uma aparência no estilo do Windows 95. É surpreendente notar como a chamada “aparência plana” do Windows 10 depende de floreios gráficos, uma vez que tudo está desligado. 

Desativar as atualizações automáticas

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: AV

Normalmente, não aconselharíamos você a desativar as atualizações automáticas de software, pois são a maneira mais simples de manter sua máquina protegida contra uma série de ataques cibernéticos e problemas de compatibilidade. Afinal, desligar as atualizações automáticas pode fazer com que seu dispositivo seja afetado por graves falhas de segurança. 

Por outro lado, existem alguns casos em que isso pode ser considerado desculpável.

Por exemplo, se o seu notebook de trabalho funciona também como um dispositivo de jogo, há uma grande possibilidade de que as plataformas de distribuição de jogos, como Steam e a Epic Games Store, muitas vezes instalem várias atualizações e patches grandes em segundo plano. Além disso, o Adobe Creative Suite também está sujeito a atualizações significativas. Ao desativar esta opção e atualizar apenas quando realmente deseja usar o software, você pode garantir que essas atualizações não atrapalhem quando você prefere fazer outra coisa.

Ainda aconselhamos que qualquer software crítico ou serviços usados ??com frequência – como Windows ou atualizações de antivírus – sejam deixados no modo automático, mas se você realmente for pressionado para espaço de processamento, pode configurá-los para baixar e instalar em um momento específico quando é improvável que você use o dispositivo, por exemplo, tarde da noite ou no fim de semana.

Remover resultados da web da pesquisa do Windows 10

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: IT PRO

A indexação de pesquisa no Windows 10 já percorreu um longo caminho desde suas origens nas versões anteriores do Windows. O que esse recurso faz é criar um índice de arquivos e pastas em todo o sistema, junto com seus metadados, a fim de encontrá-los de forma mais eficiente quando você tenta procurá-los usando a função de pesquisa integrada do SO. Nos últimos anos, a maneira como o Windows lida com a indexação de pesquisa foi aprimorada, mas ainda pode valer a pena otimizá-la se você quiser tornar seu sistema mais eficiente. 

Primeiro, você pode desabilitar os resultados da web que aparecem no menu de pesquisa do Windows 10, porque, convenhamos, você quase certamente usará um navegador da web para fazer pesquisas. Simplesmente pressione a tecla Windows, digite “gpedit.msc” e pressione “Enter” para abrir o Editor de Política de Grupo. Com isso aberto, clique em “Política do computador local > Configuração do computador > Modelos administrativos > Componentes do Windows > Pesquisar”.

Encontre as políticas rotuladas como “Não permitir pesquisa na web”, “Não pesquisar na web ou exibir resultados da web na Pesquisa” e “Não pesquisar na web ou exibir resultados da web em Pesquisar por conexões limitadas” e clique duas vezes para editá-los e defina a preferência de cada um para “Habilitado”. Você precisará reiniciar o PC para que as alterações tenham efeito, mas assim que o fizerem, você deverá parar de ver os resultados da web e as sugestões na barra de pesquisa do sistema.

Torne a pesquisa do Windows 10 mais rápida

Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! - Foto: TT
Como melhorar o desempenho do notebook? Veja as dicas! – Foto: TT

Se você quiser melhorar ainda mais a velocidade da função de pesquisa de sua máquina, também pode alterar os locais que o Windows Search indexa para excluir coisas que você sabe que não precisa encontrar. Isso pode incluir locais como a pasta App Data que contém o cache do navegador da web e cookies, entre outras coisas. Se você não usa o Internet Explorer ou o Edge, também pode não querer que eles sejam indexados.

Para gerenciá-los, abra as Opções de Indexação pressionando Janelas e Pausar para abrir o painel de controle do Sistema, clique em “Todos os itens do painel de controle” na barra de localização na parte superior e localize e clique em “Opções de Indexação”. Isso abre uma janela que mostra todos os locais incluídos no indexador de pesquisa do Windows 10. Aqui você pode escolher quais locais incluir ou excluir para acelerar esta função de pesquisa.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!