Zack Nelson, dono do canal que faz testes de resistência em smartphones gamers, JerryRigEverything, a princípio, trouxe um novo vídeo em seu canal, agora testando o Xiaomi Black Shark 4. Ultimamente, smartphones gamers testados por Nelson não tem se saído muito bem, alguns até mesmo sendo “despedaçados” em vídeo.

Super Follow: recurso descoberto pode sugerir um Twitter premium.

Nelson começa o vídeo tirando o smartphone da caixa, mostrando sua capa de proteção, adesivos da Xiaomi, cabo de energia e seu poderoso carregador de 120W para recargas relâmpagos. Ele ainda mostra com detalhes um acessório que vem junto do aparelho, uma ventoinha que pode ser acoplada na traseira do celular para que seja feira um resfriamento eficaz na hora que estiver batendo aquela gameplay.

O Black Shark 4 possui gatilhos retráteis e, diferentemente de seus concorrentes, a Xiaomi fez o smartphone com dois slides na lateral que permite que você possa levantar os gatilhos. O objetivo é transforma-los em botões físicos que o jogador possa clicar, para conseguir ter uma resposta mais rápida enquanto estiver jogando.

Além disso, o que chama a atenção é a Xiaomi ter usado uma traseira de plástico em vez de vidro como de costume. Embora essa prática pode ter sido adotada para reduzir o preço do aparelho frente ao mercado internacional, que passa por um encarecimento de dispositivos graças a escassez de matérias-primas. Black Shark 4 deve ser lançado ainda esse mês para todo o mundo e seu preço deve ficar na casa de US$ 499 (R$ 2.750).

Por fim, e felizmente, o aparelho passou no teste de resistência de Zack Nelson sem despedaçar ou apresentar falhas em sua estrutura.

Vejamos as especificações do novo modelo da Xiaomi.

  • Tela AMOLED de 6,67 polegadas com resolução FHD+
  • Display com furo e taxa de atualização de 144 Hz
  • Processador Snapdragon 870
  • 6 GB, 8 GB ou 12 GB de RAM
  • 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno
  • Câmera frontal de 20 MP
  • Sensor principal de 48 MP
  • Três câmeras traseiras
  • Sensor grande-angular de 8 MP
  • Sensor macro de 5 MP
  • Teclas de controle, leitor de digitais na lateral e resfriamento líquido de dupla camada
  • Bateria de 4.500 mAh com carregamento de 120W
  • Android 11 rodando sob a JOYUI 12.5

O que você achou do novo Black Shark da Xiaomi? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Clique em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!