‘Aragami 2’ é a continuação do game ‘Aragami’ de 2016. Ambos forma desenvolvidos e publicados pela Lince Works, sediada em Barcelona. A mais recente entrada na série expande a jogabilidade focada em furtividade do original com novas mecânicas / habilidades sobrenaturais que permanecem bem divertidas de usar o tempo todo, mas são atoladas por missões repetitivas e desempenho com erros.

Veja também o review de ‘Guardians of the Galaxy’!

A história de ‘Aragami 2’  se passa na terra devastada pela guerra de Rashomon 100 anos após os eventos do jogo original. Assim, você segue a história de um guerreiro Aragami lidando com a maldição que rouba a humanidade e permite que eles controlem as sombras. Os jogadores partem em uma missão para salvar o seu clã Kurotsuba da maldição que os aflige e o clã Akatsuchi que os está escravizando. A história nunca chega às alturas do conto pessoal de Ryo no primeiro ‘Aragami’. No entanto, é um conto útil que prepara o terreno para derrotar as forças inimigas de forma ninja.

Um game divertido

Aragami 2: confira o review completo do game! - Foto: PC MAS
Aragami 2: confira o review completo do game! – Foto: PC MAS

Esgueirar-se pelos mapas abertos de ‘Aragami 2’ é bem divertido, com vários caminhos para abordar e completar objetivos. Os jogadores podem se mover através de missões, como um fantasma, usando quedas não-letais e uma combinação de “Sombra Vision” (algo próximo a Visão Detetive da série ‘Batman: Arkham’ ) e “Shadow Leap” ao transporte instantaneamente para pontos de vista de difícil alcance para evitar inimigos por completo. Ou, se a violência for uma prerrogativa do jogador, os inimigos podem ser mortos de forma letal com a lâmina em combate furtivo ou direto. É gratificante definir o escopo de um ambiente, formular um plano e executá-lo sem problemas em ‘Aragami 2’. Além disso, os ambientes de grande escala encorajam a experimentação.

Completar missões concede a um jogador pontos de experiência com base em seu desempenho. Assim, eles podem ser úteis ??para atualizar o seu protagonista de Aragami com novas habilidades de sombra para ajudar em seus esforços furtivos. Algumas dessas habilidades, como o “Wraith” é feito sob medida para a invisibilidade e a “Silhouette” criadora de chamarizes, são remanescentes do jogo original e permanecem ótimas como sempre. As novas adições à série também são boas, com um “Shadow Pull” que arrasta os inimigos próximos em direção ao jogador e desencadeia uma queda não letal e um “Warp Strike” que teletransporta os jogadores para um “Assassination” após lançar sua arma entre os destaques. O número significativo de habilidades permite que os jogadores usem a Essência da Sombra do Aragami em sua verdadeira extensão. Isso cria expressões criativas de poder sobrenatural que elevam ainda mais a jogabilidade.

Algumas frustrações no sistema de combate

 Aragami 2: confira o review completo do game! - Foto: MG MAS
Aragami 2: confira o review completo do game! – Foto: MG MAS

A Lince Works tentou aliviar a frustração de ser pego por forças inimigas, introduzindo um novo sistema de combate semelhante ao ‘Ghost of Tsushima’ no jogo, mas não é uma experiência muito agradável. Os tempos de acertos e erros estão ligeiramente errados. Isso significa que os jogadores podem se esquivar de um ataque que se aproxima e ainda assim serem atingidos. 

A manobra de defesa nem sempre funciona da forma correta, com uma janela de oportunidade bem curta para realmente conseguir uma defesa eficaz, causando frustração quando falha. Uma vez que ele falha, ele deixa o protagonista indefeso e a morte segue após apenas alguns acertos. É quase melhor apenas fugir e se esconder para redefinir as rotas de patrulha dos guardas ou evitar lutar, se possível, o que anula completamente a questão de incluir um sistema de combate em primeiro lugar. Foi uma grande adição em teoria, já que o ‘Aragami’ original não tinha tal maneira de se defender, mas definitivamente falta a execução.

Voltando ao mesmo local várias vezes

  Aragami 2: confira o review completo do game! - Foto: XP MAS
Aragami 2: confira o review completo do game! – Foto: XP MAS

O ciclo de jogo de ‘Aragami 2′ envolve visitar um tabuleiro de missão para receber missões para enfrentar o clã Akatsuchi. Na essência, cada tipo de objetivo se resume a buscas no estilo’ Assassin’s Creed’ (informação ou comida normalmente), uma missão de resgate ou uma tentativa de assassinato de um membro importante do clã rival. Além disso, os jogadores irão revisitar os mesmos níveis várias vezes ao longo dos nove capítulos do jogo, embora com objetivos diferentes incluídos na mistura. Embora os ambientes / níveis sejam bem projetados e visualmente agradáveis ??à primeira vez, fica muito chato ter que retornar aos mesmos locais repetidamente. Apresenta falta de variedade para um jogo com duração de 15 horas, e o jogo teria se beneficiado de uma duração muito menor para superar o inchaço que o jogo sofre.

Além disso, os procedimentos não são ajudados pelo desempenho com bugs de ‘Aragami 2’. Cortar texturas é bem comum, a IA inimiga se comporta de maneira estranha de forma ocasional, e houve até uma ocorrência em que o protagonista de Aragami começou a flutuar no ar após saltar sobre uma estrutura com um NPC em suas costas. Isso não torna o jogo impossível de jogar de forma alguma, e alguns dos bugs de Aragami 2 podem ser bem engraçados, mas pode ser frustrante quando as coisas não se comportam da maneira que deveriam ao tentar passar de nível.  Felizmente, a Lince Works está ciente dos bugs e já lançou um patch para mitigá-los, então há potencial para a experiência ser bem mais suave no futuro.

Um game para os fãs de “Stealth”

   Aragami 2: confira o review completo do game! - Foto: SR MAS
Aragami 2: confira o review completo do game! – Foto: SR MAS

‘Aragami 2’ acaba sendo um tanto confuso como experiência de jogo. Por um lado, a mecânica furtiva, excelente árvore de habilidades e designs de níveis no estilo playground significam que a jogabilidade básica é uma explosão. Por outro lado, o novo sistema de combate não é ótimo, objetivos de missão repetitivos e reutilização de mapas são enlouquecedores e os bugs não ajudam em nada. A nova adição do co-op tem potencial para tornar as missões mais divertidas trabalhando com um amigo, mas isso é puramente especulação, já que o Geek Blog não foi capaz de testar o recurso no momento de escrever esta análise. Os fãs de stealth devem encontrar o suficiente para se divertir em ‘Aragami 2’, mas estejam preparados para alguns tropeços ao longo do caminho.

Por fim, Aragami 2 está disponível agora no Xbox Series X / S, Xbox One, PC, PS4 e PS5.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. Basta clicar em “Canal do Telegram” que está localizado no canto superior direito da página!